Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > Notícias
 
 
  China enviará mais de mil pessoas à África para combater Ebola
 
  ( 2014/11/05 )
 
 
A China planeja enviar mais de 1.000 trabalhadores e especialistas médicos para a África Ocidental nos próximos meses, no mais recente esforço para ajudar os países africanos contra o Ebola.

Uma equipe de 12 treinadores de saúde pública partirá para Serra Leoa no domingo, de acordo com um documento emitido na quarta-feira em uma conferência sobre programas de ajuda realizada pela Comissão Nacional de Saúde e Planejamento Familiar.

Uma equipe do centro nacional da China de controle de doenças especializada em testagem de vírus e outra de altos comissários do governo chinês que coordenará as forças de ajuda do país também irão para a África ainda em novembro, segundo o documento.

Nos próximos meses, mais de 1.000 trabalhadores e especialistas médicos de saúde pública serão enviados pela China para ajudar a batalha contra o Ebola nos países da África Ocidental, de acordo com o plano chinês.

Até agora, a China enviou um total de 252 pessoas para a Libéria, Serra Leoa e Guiné, os três lugares mais afetados, e 134 pessoas ainda estão trabalhando naqueles países.

A comissão disse que o controle da expansão da doença será um dos focos da futura assistência.

Com a experiência em prevenção e controle durante o surto da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SARS), técnicos chineses ajudarão a treinar trabalhadores médicos locais, responsáveis de base, líderes de comunidade, funcionários do governo, alunos e voluntários naqueles três países e nos vizinhos em risco.

Dez mil pessoas devem receber treinamento.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us