Home Embaixador Organigrama da Embaixada E-mail Relações bilaterais China ABC Serviço Consular  
 
 
 
 
  Home > temas actuais > Anti-terrorismo
 
 
  Anti-terrorismo
 
  ( 2004/05/12 )
 
 

   Questão de Anti-terrorismo

    A China opõe-se ao terrorismo de qualquer forma. O combate ao terrorismo deve partir dos interesses comuns dos povos dos diversos países e a segurança comúm da comunidade internacional.  Não importa de que forma, quando, onde e contra quem o terrorismo, a comunidade internacional tem de tomar uma posição unânime e lhe dar o firme golpe, não aplicando duplo critério.

   É necessário pôr em pleno jogo o papel orientador da ONU e da Conselho Permanente da Segurança no combate ao terrorismo e qualquer ação desse combate, corresponder aos objetivos e princípios da Carta da ONU e outras normas da lei internacional reconhecidas pelo mundo. O combate ao terrorismo tem de contar com provas irrefutáveis e objetivo claro, evitando causar danos aos inocentes e ampliar arbitrariamente as margens de combate. O terrorismo pertence às forças malvadas radicais de reduzido número e não se pode vincula-lô com determinadas etnias ou religiões.

   O terrorismo deve ser combatido ao mesmo tempo no superficial e no essencial, levando-se em consideração tanto aos problemas atuais como aos métodos de resolução radical de longo periódo. Para resolver o problema de desenvolvimento, a redução das diferênças entre o Sul e o Norte constitui uma condição importante no combate ao terrorismo. Na nova conjuntura, a comunidade internacional deve prestar a atenção ao problema de desenvolvimento com a maior urgência.

   O combate ao terrorismo é uma confrontação de forças da paz e a violência, em vez de ser conflitos das etnias, as religiões ou civilizações. Sustentamos que se reconheça a realidade da diversificação das civilizações mundiais e se respeitem os contextos culturais, crenças religiosas e os modelos de desenvolvimento dos diversos países. Estamos a favor de os diversos sistemas sociais e civilizações se coexistirem no longo periódo; se competirem e se compararem com o fim de aprender os pontos fortes de outrem para remediar as próprias debilidades; e se desenvolverem conjuntamente procurando os pontos comúns e arquivando as diferenças.  

 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us