Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Serviço Consular Contactos  
 
 
 
 
  Home > temas actuais
 
 
  China publica plano com várias medidas contra contaminação do ar
 
  ( 2013/10/11 )
 
 
A China prometeu utilizar uma abordagem com múltiplas medidas para combater a poluição do ar no país, segundo um plano de ação do governo divulgado.

A China visa reduzir seu consumo de carvão para abaixo de 65% do total de seu consumo de energia primária até 2017, medida que forma parte dos esforços do país para acelerar o reajuste da estrutura energética e aumentar o fornecimento de energia limpa, diz o plano, cujo texto completo foi publicado no site oficial do governo central.

Os novos projetos a ser construídos na região que abrange a capital chinesa Beijing, o Município de Tianjin e a Província de Hebei, no norte, assim como nas zonas tanto do delta do Rio Yangtse como do Rio das Pérolas, no sul, serão proibidos de construir suas próprias usinas elétricas alimentadas com carvão, assinala o plano.

Em 2017, a capacidade total dos reatores nucleares em operação chegará a 50 milhões de quilowatts e a cota de energia proveniente de combustíveis não fósseis representará 13% do consumo total de energia primária, acrescenta o documento.

Segundo o plano, o país também está planejando cortar o consumo energético por unidade do valor agregado industrial em cerca de 20% antes de 2017 em comparação com os níveis de 2012.

O governo disse que as usinas de aquecimento e eletricidade combinadas substituirão gradualmente as cadeias alimentadas com carvão descentralizadas em conglomerados industriais de engenharia química, fabricação de papel, tinturia e curtimento, a fim de cortar as emissões.

A China acelerará a construção de instalações de dessulfurização, desnitrificação e despoeiramento nas usinas alimentadas com carvão, siderurgias e fábricas de cimento, acrescenta o plano.

O documento pede inovação tecnológica em empresas de refinaria para melhorar a qualidade do óleo combustível, que afeta as emissões de veículos.

O governo planeja tirar os veículos altamente poluidores das ruas em todo o país até 2017.

Como parte a campanha ampla contra a poluição do ar, a China promoverá a transformação e a atualização das indústria, e intensificará o controle das indústrias altamente poluidoras e de alto consumo energético.

Maiores esforços serão feitos para eliminar a capacidade de produção obsoleta em setores de ferro e aço, cimento, alumínio eletrolítico e vidro plano, diz o projeto.

 
 


Suggest to a Friend
       Print
E-mail to us